Especialidade de Sistema Respiratório Respondida

| |

5 de outubro de 2018

Especialidade de Sistema Respiratório Respondida

Especialidade de Sistema Respiratório, se você não tem, vem conferir e não esquece de compartilhar com os seus amigos!

Especialidade de Sistema Respiratório

1. Quais são as estruturas que formam o sistema respiratório? Ilustrar e descrever as principais funções de cada uma.

sistema-respiratorio

O sistema respiratório humano é composto pelos seguintes órgãos: cavidades nasais, boca, faringe, laringe, traqueia, brônquios, bronquíolos e alvéolos. Esses três últimos formam o órgão conhecido como pulmão.

As cavidades nasais são constituídas por duas cavidades, separadas por um septo, que se iniciam nas narinas e estendem-se até a faringe. Nessas estruturas estão localizadas células sensoriais que são responsáveis pela percepção de cheiro. Além disso, existem células epiteliais que revestem essas cavidades e são responsáveis por produzir muco, substância que umedece as vias respiratórias e garante que algumas partículas fiquem retidas e não entrem no sistema respiratório. Os pelos do nariz, juntamente ao muco, funcionam como verdadeiros filtros.

Após as cavidades nasais, encontramos a faringe, uma estrutura musculosa comum ao sistema digestório e respiratório. Logo após essa porção, observamos a laringe, uma região dilatada formada principalmente por cartilagem que liga a laringe à traqueia. Essa região apresenta uma proeminência, mais acentuada em homens, que forma o chamado pomo de Adão.

Na porção inicial da laringe, encontramos a epiglote, uma estrutura cartilaginosa que funciona como uma válvula, no momento da alimentação, que impede que o alimento entre nas vias respiratórias. Nesse órgão também encontramos as pregas vocais, estruturas responsáveis pela nossa capacidade de comunicação através da fala.

Logo após a laringe, encontramos a traqueia, um tubo que apresenta de 9 a 12,5 centímetros de comprimento localizado na altura da sexta vértebra cervical até a quinta torácica. Essa estrutura é formada por vários anéis de cartilagem, que impedem que ela se feche, permitindo a passagem constante de ar.

A traqueia divide-se em dois tubos chamados de brônquios, que penetram nos pulmões e ramificam-se em tubos mais finos que são conhecidos como bronquíolos e formam a chamada árvore respiratória. Nos bronquíolos, não é mais encontrada cartilagem, sendo encontrado principalmente músculo não estriado.

Na extremidade dos bronquíolos, são encontradas pequenas bolinhas que formam os alvéolos pulmonares. Essas estruturas de paredes finas apresentam uma grande quantidade de vasos sanguíneos revestindo-as. É nesse local que ocorrem as trocas gasosas, processo conhecido como hematose. Neste processo, o oxigênio proveniente da respiração pulmonar difunde-se para o interior dos capilares, enquanto o gás carbônico dos capilares passa para o interior dos alvéolos.

Os pulmões são dois órgãos esponjosos que estão situados no interior da caixa torácica e possuem a forma de cone. Apresentam coloração rosada quando a pessoa é jovem e coloração mais escura com a idade, em razão principalmente da poluição atmosférica e de contato com cigarro. O órgão encontra-se revestido por duas membranas denominadas pleuras e entre elas há um líquido chamado de interpleural. Esse órgão é formado por milhares de bronquíolos e alvéolos.

2. Os pulmões direito e esquerdo são iguais? Qual a diferença anatômica entre eles?

R: Os pulmões não são perfeitamente iguais. O direito é maior e é dividido por duas incisuras em três partes ou lobos. Já o pulmão esquerdo apresenta apenas uma incisura, com a decorrente formação de apenas dois lobos. Na face interna de cada pulmão observa- se uma grande fenda, o hilo pulmonar. Através do hilo penetram os bronquíolos e as artérias pulmonares. Também passam pelo hilo as veias pulmonares, que saem dos pulmões.

3. Quais são os 2 principais gases do nosso organismo? O que é troca gasosa? Descrever as vias condutoras do ar até o momento da troca gasosa.

Os gazes são oxigênio e gás carbônico. A hematose pulmonar, ou troca gasosa ocorre durante a respiração orgânica do ser vivo e é o processo onde o oxigênio é conduzido até os alvéolos no pulmão, passa para a corrente sanguínea para ser conduzido pelas hemácias e futuramente entrar nas células e ocasionar a respiração aeróbia na presença da glicose.

4. O que é alvéolo e qual a sua função? Através de desenhos ou figuras, ilustrar um alvéolo demonstrando o momento da troca gasosa.

trocasgasosas
hematose

Os alvéolos são minúsculos sáculos de ar que constituem o final das vias respiratórias. Um capilar pulmonar envolve cada alvéolo.

A Função dos Alvéolos é trocar oxigênio e dióxido de carbono através da membrana capilar alvéolo-pulmonar.

5. Qual a principal função das células ciliadas, com cílios móveis?

R: A principal função com certeza é a locomoção dessas células.

6. Qual a relação entre respiração celular e a respiração pulmonar?

R: Uma está ligada a outra, pois a respiração celular  é um processo feito pela mitocôndria, com uso de oxigênio para gerar energia para as células, e esse oxigênio vem através da respiração pulmonar, que leva oxigênio para as células.

7. Explicar como os sistemas circulatório e respiratório estão intimamente ligados.

R: O sistema circulatório e o sistema respiratório estão intimamente ligados, uma vez que é o sangue que transporta o oxigênio a todas as partes do corpo humano onde ele e necessário.

Os principais órgãos do sistema cardio-respiratório são o coração e os pulmões, eles trabalham interligados.

8. Qual a importância da hemoglobina e do ferro para a oxigenação do organismo?

R: Além de transportar oxigênio, a hemoglobina também participa do processo de transporte de nutrientes a todas as células do corpo, processo este, no qual o sangue leva os nutrientes e recolhe as substâncias secretadas pelas células, conduzindo-as, posteriormente, para fora do organismo. 

Para se combinarem com o oxigênio, os eritrócitos precisam contê-lo em quantidade suficiente, e, isto, depende dos níveis de ferro presentes no organismo. A deficiência de ferro no organismo leva a um quadro conhecido como anemia. 

A hemoglobina é capaz de transportar oxigênio numa quantidade superior a vinte vezes seu volume. Entretanto, quando se une ao monóxido de carbono, ela perde sua capacidade de combinar-se com o oxigênio, o que implicará na perda de sua função e, conseqüentemente, em possíveis danos ao organismo.

9. Descrever em detalhes os movimentos de inspiração e expiração. Qual a importância do músculo diafragma para estes movimentos?

Inspiração é o conjunto de movimentos que permite a entrada de ar nos pulmões. Nesse processo ocorre a contração do diafragma, ocasionando seu abaixamento. Os músculos intercostais também se contraem fazendo com que as costelas se levantem. Isso faz com que o tórax aumente de tamanho e a pressão interna dos pulmões torne-se menor que a externa. Com a redução da pressão intrapulmonar, o ar acaba entrando pelas vias respiratórias e chegando até os alvéolos para que ocorram as trocas gasosas.


A expiração consiste no conjunto de movimentos que resulta na retirada do ar do interior das vias respiratórias. Nesse caso, ocorre o relaxamento dos músculos intercostais e do diafragma. Diferentemente do que ocorre na inspiração, há uma redução do volume da caixa torácica, que volta ao seu tamanho de repouso, e uma retração dos pulmões, o que faz com que a pressão interna fique maior que a externa. O aumento da pressão intrapulmonar faz com que o ar seja lançado para fora do nosso corpo.

10. Qual órgão do sistema nervoso central controla a respiração? Por quê?

R: O controle da respiração é realizado pelo centro respiratório localizado no Bulbo raquidiano, que se caracteriza principalmente nas concentrações de gás carbônico presente no sangue.

11. Qual é a frequência respiratória normal dos seguintes:

a) Recém-nascidos.
R: Entre 30 a 50 respirações por minuto, por vezes irregular e com pausas até cinco segundos.

b) Crianças.
R: A freqüência respiratória considerada normal para crianças varia conforme a idade: até 2 meses: até 60 movimentos respiratórios por minuto (mrm).
2-11 meses: até 50 mrm.
de 1-4 anos: até 40 mrm.

c) Adultos.
R: O adulto normal em repouso respira confortavelmente 12 a 18 vezes por minuto.

12. Definir os seguintes termos sobre alterações respiratórias:

a) Eupneia.
R: Respiração normal, sem problemas.

b) Taquipneia.
R: Aceleração do ritmo respiratório.

c) Bradipneia.
R: Lentidão anormal da respiração; braquipneia.

d) Dispneia.
R: Dificuldade de respirar caracterizada por respiração rápida e curta, ger. associada a doença cardíaca ou pulmonar.

e) Ortopneia.
R: Dificuldade de respiração provocada por certas doenças, esp. quando o paciente se encontra deitado.

f) Apneia.
R: Suspensão momentânea da respiração.

13. Estudar as seguintes doenças respiratórias e dizer, sobre cada uma, como ocorre / é adquirida, transmissão (se for o caso), tratamento e prevenção:

a) Asma. [Veja aqui]
b) Tuberculose. [Veja aqui]
c) Pneumonia. [Veja aqui]
d) Gripe / infecções de vias aéreas superiores. [Veja aqui]
e) Enfisema pulmonar. [Veja aqui
f) Tromboembolismo pulmonar. [Veja aqui]
g) Pneumoconioses. [Veja aqui]
h) Fibrose cística. [Veja aqui]

14. Pesquisar os efeitos do cigarro no sistema respiratório. Apresentar seus resultados de uma das seguintes maneiras:

Item prático.
[Estude sobre o assunto nesse link aqui]
Acho mais fácil o item B e C.
a) Relatório escrito, no mínimo 500 palavras.
b) Apresentação oral, no mínimo 5 minutos.
c) Exposição de cartazes e faixas.
d) Poema ou música.

15. Fazer uma pesquisa em sua região ou Estado comparando os índices de qualidade do ar. Como esses índices podem ser melhorados? O que você pode fazer para melhorá-los?

Item prático.
Para encontrar o índice do seu estado no google, coloque índices de qualidade do ar + nome da sua cidade e vai aparecer.
Sites que usei para fazer a especialidade.
biologianet.uol.com.br | www.anatomiadocorpo.com | brainly.com.br | brainly.com.br | brainly.com.br | brainly.com.br | www.todabiologia.com | brasilescola.uol.com.br | www.infoescola.com | www.medipedia.pt | aps.bvs.br | www.portaleducacao.com.br

-- --

Gostou da especialidade, te ajudou ou tem alguma dúvida? Deixe nos comentários.

4 comentários: