Curti e Bloguei: Especialidade de Fauna Marinha Respondida

Especialidade de Fauna Marinha Respondida

| |

26 de outubro de 2018

Especialidade de Fauna Marinha Respondida


Especialidade de Fauna Marinha, essa especialidade foi pedido de um desbravador que acertou uma enquete que eu fiz lá no meu instagram (@eigabrielle), se você quiser suas especialidades postadas mais rápido, me segue lá e participe sempre das enquetes que eu coloco lá, uma vez ou outra elas valem algo. Agora vamos para a especialidade, não esquece de compartilhar com todos os seus amigos!

Especialidade de Fauna Marinha

1. Pesquisar e descrever a importância da fauna marinha para o equilíbrio do ecossistema marinho.

R: Esse sistema só é possível quando há a presença de quatro componentes principais: fatores abióticos (parte não viva); os seres autótrofos, geralmente as plantas verdes, capazes de produzir seu próprio alimento através da síntese de substâncias inorgânicas simples; os consumidores, heterotróficos – que não são capazes de produzir seu próprio alimento, ou seja, os animais que se alimentam das plantas ou de outros animais; e os decompositores, também heterotróficos, mas que se alimentam de matéria morta.

A alteração de um único elemento, como a extinção de uma espécie, pode causar modificações em todo o sistema, ocasionando a perda do equilíbrio existente. Por exemplo, os vegetais precisam dos insetos para a passagem do pólen. Caso não haja a espécie necessária de insetos, os vegetais se extinguem. Logo, é preciso garantir o equilíbrio, na natureza, estimulando a existência da maior quantidade possível de espécies.

2. Qual é o efeito da grande concentração de plástico na fauna marinha?

R: O impacto das peças de plástico na vida marinha é enorme. Vários peixes são enredados nos resíduos e acabam morrendo por asfixia. Mas há um problema especial relacionado com os micro plásticos que permanecem flutuando nas superfícies marinhas. Estes pequenos plásticos, com menos de 5 mm, podem ser ingeridos por peixes, crustáceos e plâncton e causar bloqueios no seu sistema digestivo.

3. Descubra como você pode ajudar na preservação da vida nos mares.

• Evite o uso de sacos de plástico: quando for comprar, é conveniente levar sacolas de pano ou de papel. Alguns supermercados vendem sacos grossos de plástico reutilizável, que permitem o uso ​​várias vezes sem a necessidade de adquirir novos. A atenção ao que se compra é outra opção altamente recomendada.

 Priorize as garrafas de vidro em vez de plásticos ou embalagens cartonadas.

 Escolha produtos a granel: existem várias lojas que facilitam os produtos à base de peso, como sabões, shampoos, detergentes, legumes etc. Os estabelecimentos fornecem recipientes, mas é melhor levá-los de casa. Desse modo, não acumulamos mais plásticos.

• Recuse os artigos e embalagens de uso único: copos de plástico, talheres e pratos são muito práticos, especialmente em festas e celebrações, mas é melhor usar copos ou louças tradicionais. Mesmo que tenhamos que lavar pratos, vale a pena o esforço.

• Evite comprar produtos que sejam embalados em plástico: recuse as frutas e verduras vendidas em bandejas de isopor. Escolha os ovos que estão em caixas de papelão ou então compre-os soltos e leve seu próprio recipiente para ovos.

• Tente substituir os potes de plástico por frascos ou recipientes de vidro. 

• Reduza ou elimine o papel filme.

• Leve seus próprios recipientes ao comprar comida para viagem.

• Troque as máquinas de barbear descartáveis por máquinas de barbear clássicas que permitem a troca das lâminas.

• Substitua os isqueiros de plástico por fósforos de madeira ou isqueiros recarregáveis.

4. Defina as principais características dos grupos abaixo e dê 3 exemplos de cada um deles:

a) Crustáceos.
R: Filo ou subfilo de animais artrópodes, de respiração branquial, com dois pares de antenas, um par de mandíbulas e dois pares de maxilas.
Camarões, cracas, tatuzinhos, lagostas, caranguejos e siris.

b) Celenterado.
R: Os celenterados (ou celênteros) são animais invertebrados fitozoários celômatas, que apresentam uma simetria radiada e cujo corpo tem uma única cavidade gastrovascular. Esta cavidade comunica com o exterior através de um orifício que funciona simultaneamente como boca e como ânus.
Corais, águas-vivas, anêmonas-do-mar, hidras e caravelas.

c) Moluscos.
R: É um metazoário com tegumentos moles, podendo apresentar-se nu ou recoberto por uma concha. Apresenta uma simetria bilateral e, em idade adulta, um corpo não segmentado.
Ostras, caramujos, lesmas, mexilhões, caracóis, lulas e polvos.

d) Cetáceos.
R: Corpo hidrodinâmico, geralmente sem pelos, membros anteriores modificados em nadadeiras e posteriores ausentes, nadadeira caudal horizontal, orifícios respiratórios situados no alto da cabeça.
Baleias, botos e golfinhos.

e) Equinodermos.
R: Dotados de simetria radial pentâmera, esqueleto interno composto por ossículos calcários, corpo coberto por espinhos ou tubérculos, e um sistema característico formado por canais celomáticos e apêndices superficiais, conhecido como sistema ambulacrário
Estrelas-do-mar, ouriços-do-mar e pepinos-do-mar.

f) Peixes.
R: Tais animais apresentam nadadeiras e caudas, que permitem que eles nadem com muita facilidade. Muitos deles possuem escamas, e também brânquias, que são estruturas responsáveis pela respiração do animal, que acontece embaixo da água. Elas podem vir cobertas pelo opérculo, uma placa móvel e resistente, ou não, tal como nos tubarões, que apresentam, na região em que ficam as brânquias, somente fendas.
Lambari, pintado, dourado, salmão.

5. Selecione 3 espécies de invertebrados e 3 de vertebrados da fauna marinha e responda:


Invertebrados.

a) Nome popular: Lula colossal.
b) Nome científico: Mesonychoteuthis hamiltoni.
c) Espécie: M. hamiltoni.
d) Localização: Oceano Antártico.
e) Tipos de alimentos: Peixes e outros vertebrados
f) Papel na fauna marinha: Reproduzir.


a) Nome popular: Polvo-comum.
b) Nome científico: Octopus vulgaris.
c) Espécie: O. vulgaris.
d) Localização: Mar Mediterrâneo e da costa sul da Inglaterra até o litoral do Senegal.
e) Tipos de alimentos: Maioritariamente crustáceos, peixes e outros moluscos, podendo ocorrer também canibalismo e autofagia.

f) Papel na fauna marinha: Regular a população de grandes crustáceos e manter um equilíbrio dinâmico na cadeia trófica marinha.


a) Nome popular: Siri-azul, siri-tinga ou simplesmente siri.
b) Nome científico: Callinectes sapidus.
c) Espécie: C. sapidus.
d) Localização: Oceano Atlântico e Golfo do México.
e) Tipos de alimentos: Bivalves, anelídeos, peixes e quase tudo que puderem encontrar, incluindo cadáveres.

f) Papel na fauna marinha: Faz a limpeza dos oceanos, se alimentando de restos de outras espécies.


Vertebrados.

a) Nome popular: Tubarão-azul
b) Nome científico: Prionace glauca.
c) Espécie: P. glauca
d) Localização: Nova Inglaterra à América do Sul.
e) Tipos de alimentos: Peixes, lulas, pequenos cações, caranguejos, aves marinhas e crustáceos.

f) Papel na fauna marinha: Contribuem para o controle e a saúde das populações das espécies que são suas presas. Além disso, muitas vezes se alimentam de bichos doentes e velhos.


a) Nome popular: Cavalo-marinho.
b) Nome científico: Hippocampus.
c) Espécie: Hippocampus.
d) Localização: Águas rasas tropicais e temperadas em todo o mundo.
e) Tipos de alimentos: Crustáceos, moluscos, vermes e plâncton.

f) Papel na fauna marinha: Regular a população de vermes, plânctons e etc.


a) Nome popular: Dourado.
b) Nome científico: Salminus brasiliensis.
c) Espécie: S. brasiliensis.
d) Localização: Rios do Brasil e outros países da América do Sul.
e) Tipos de alimentos: Qualquer espécie de peixe, inclusive de pequenas aves, embora prefira lambaris e sardinhas.

f) Papel na fauna marinha: Filtram as águas de rios.

6. Entreviste um biólogo e descubra qual é o tipo de reprodução dos grupos de animais citados na questão anterior.

Item prático.

7. O que são poríferos e por que são chamados de animais filtradores?

R: Os poríferos, também conhecidos como espongiários ou simplesmente esponjas.

São animais “filtradores”. Pois, devido a agitação dos flagelos dos coanócitos, ocorre a entrada de água com partículas alimentares no átrio. Essas partículas são capturadas e englobadas pelos coanócitos. Os coanócitos passam aos amebócitos o alimento para que este distribua-o para os outros tipos de células. A água então deixa o átrio já “filtrada” pelo ósculo.

8. Cite a diferença entre corais e esponjas do mar. Qual a importância deles para o meio ambiente?

A maior diferença e o físico já que são diferentes na aparência, outra diferença é que os corais são cnidarios e as esponjas são poríferos.

As esponjas marinhas possuem grande importância ecológica - fazem simbiose com organismo fotossintéticos, vivem em águas rasas e claras, aumento na taxa metabólica entre 33% e 80%. Abriga grande comunidade de organismos aquáticos. Servem de alimento para muitas teias alimentares. 

Os recifes de corais tem muita importância no ambiente marinho, pois dão abrigo e alimento para a maioria dos peixes e, além disso funcionam como um filtro de água do mar já que se alimentam pela filtração da água. Os recifes de corais são um ecossistema marinho com uma grande biodiversidade.

9. Explique o que são bentos, plâncton e nécton.

R: Bentos é a comunidade de organismos que vive no substrato de ambientes aquáticos.

Chama-se plâncton ao conjunto de organismos que não têm movimentos suficientes para contrariar as correntes, apesar de muitos terem movimentos, principalmente verticais pela coluna de água.

Em biologia marinha e limnologia chama-se nécton ao conjunto dos animais aquáticos que se movem livremente na coluna de água, com o auxílio dos seus órgãos de locomoção: as barbatanas ou outros apêndices.

10. Observar um animal marinho por cerca de 30 minutos. Fazer um relatório descrevendo o que observou.

Item prático.

11. Assistir a um vídeo de, pelo menos, 30 minutos que fale a respeito da vida marinha. Fazer um relatório sobre o vídeo.

Item prático.

Escolha um vídeo aqui para você assistir.

Sites que usei para fazer a especialidade.
www.meioambiente.ufrn.br | thedailyprosper.com | conceito.de | escolakids.uol.com.br | pt.wikipedia.org | br.answers.yahoo.com | educacao.uol.com.br | www.sobiologia.com.br | brainly.com.br

-- --

Gostou da especialidade, te ajudou ou tem alguma dúvida? Deixe nos comentários.

Nenhum comentário:

Deixe um comentário. ♡