Desbravadores: Especialidade de Tubarões

| |

1 de fevereiro de 2017


Olha quem voltou com as especialidades exatamente,sou eu!, a especialidade de hoje é super diferente, nunca vi ninguém com ela, então vem pegar ela e seja o diferentão da galera! risos

1. Quais as principais diferenças entre peixes ósseos e cartilaginosos? 

Características principais dos Cartilaginosos: Esqueleto cartilaginoso, sistema digestivo terminado em cloaca, NÃO possuem bexiga natatória, secretam uréia, brãnquias descobertas, não possuem escamas.

Características principais dos peixes Ósseos: Esqueleto ósseo, Sistema digestivo terminado em ânus, possuem bexiga natatória, secretam amônia.

2. Fale sobre a dentição dos tubarões e a diversidade de alimentos que consomem. 

Os tubarões que se alimentam de peixes tem os dentes afiados.

Os que se alimentam de moluscos ou crustáceos possuem dentes achatados.

Aqueles que se alimentam de presas maiores tem os dentes inferiores pontiagudos (para prender) e os superiores triangulares e com bordas serrilhadas (para cortar).

Já os dentes dos que se alimentam de plâncton são pequenos e não funcionais.

3. Explique como ocorre a respiração dos tubarões.

R: A maioria dos tubarões, quando parados, não conseguem bombear a água para as brânquias, de modo a respirarem. Necessitam, portanto, de forçar a entrada da água pela boca, para que passe pelas brânquias e saia pelas fendas branquiais.

4. Cite 2 exemplos de peixes cartilaginosos que não sejam tubarões.

R: Quimera e Arraia

5. Saber identificar, por meio de figuras, 5 espécies de tubarões.

Tubarão Branco

Tubarão Frade

Tubarão Lixa

Tubarão Martelo

Tubarão Touro

6. Qual a importância da Ampola de Lorenzini?

R: As ampolas de Lorenzini são importantes órgãos capazes de detectar variações na temperatura, salinidade e correntes elétricas.

7. Qual o menor e qual o maior tubarão que existem? 

Maior: Tubarão Baleia, podendo chegar até 20 metros.

Menor: Tubarão Lanterna, com apenas 17 centímetros.

8. Identificar as principais estruturas morfológicas de um tubarão através de um esquema (que pode ser confeccionado pelo próprio desbravador ou pelo instrutor).



9. Visitar um aquário, observar peixes cartilaginosos e fazer um relatório sobre o que você aprendeu.

Item prático. (Dê a ideia ao seu diretor, peça para ele levar o clube inteiro, fica mais fácil você ir com o clube, do que sozinho ou com algum responsável da sua família.)

Fontes de pesquisa: EuQueroBiologiaMundoDosAnimais.
Espero muito ter ajudado, se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários, terei o maior prazer em responder. Se quiser alguma especialidade que não tem no blog, mande para o meu e-mail as sugestões ou aqui nos comentários mesmo. Beijão e fiquem com Deus


2 comentários: