Especialidade de música - básico

| |

13 de maio de 2016


Já tivemos muitas especialidades aqui, mas estava na hora de eu pensar nos músicos também, que com certeza, querem exibir essa especialidade na faixa, então bora lá cambada, vamos pegar essa especialidade.
Nota: Necessário acompanhamento de instrutor músico.

1 - Qual a definição básica de música?

R: A definição de música é muito contestada devido às suas fortes conotações e seu uso além do assunto em si. Pode ser considerada, por exemplo, uma forma de arte da expressão pela combinação de sons e silêncio.


2 - Explicar o que é harmonia, melodia e ritmo.

 Harmonia: Sons executados simultaneamente. Ex: acordes.

Melodia: Sons sucessivos organizados formando sentido musical (uma lógica) dando sentido à sequência de alturas. Ex: a voz de um cantor.


Ritmo: É o movimento dos sons regulados pela sua maior ou menor duração.


3 - O que é Clave? Escrever uma escala completa (de Dó a Dó, por exemplo) nas claves de Sol, Fá e Dó.



Clique aqui para entender melhor sobre o assunto.

 Sinal colocado no início da pauta musical (pentagrama), repetido em tantas pautas quanto as tenha a peça musical, e que determina os nomes das notas, atribuindo o seu nome à nota que estiver na linha em que ela esteja inscrita [São três as claves: de sol, de fá e de dó, colocadas em diferentes alturas da pauta.]


4 - Definir o que é timbre, altura, duração e intensidade de um som.

Timbre: é a característica sonora de um instrumento. É o que nos faz distinguir o som de um instrumento e de outro. Ex: o timbre da nota lá no piano é diferente do timbre da nota lá no trompete, embora as notas tenham a mesma frequência, ou quando dizemos que a voz de um cantor é inconfundível. É essa característica própria da voz, o timbre, que faz nos ter certeza de que a voz é de um determinado cantor ou pessoa, seja como for.

Altura: é a frequência sonora. Cada nota tem uma frequência. Quanto mais alta frequência mais agudo o som, assim como quanto mais baixa a frequência mais grave o som. Ex: Frequência de Mi  Frequência de Réb.

Duração: o tempo no qual um som é produzido. Representado pelas figuras musicais (mínima, colcheia, semibreve).

Intensidade: é o volume dos sons. Chama-se também dinâmica. Ex: quando se bate forte em uma madeira a intensidade do som (o volume) é maior, quando se bate fraco é menor.


5 - Saber o que significa a palavra "intervalo" na música. Explicar o seguinte:

• Intervalo é a diferença de altura entre duas notas.

A) Um intervalo de meio tom.

• Um semitom é o menor intervalo utilizado na escala diatônica (e consequentemente em grande parte da música ocidental. Corresponde à diferença de altura entre duas teclas adjacentes do piano (uma branca e a preta adjacente, ou duas brancas quando não há uma preta entre elas).

B) Um intervalo de um tom.

• Um tom é uma distância de dois sustenidos (ou de dois bemóis).

C) Um intervalo de uma terça.

• É preciso existir dois tons entre as duas notas que formam este intervalo.A terça maior de Do é Mi, primeiro porque Mi é a terceira nota a partir de Do e segundo porque entre Do e Mi existem dois tons.

D) Um intervalo de uma quinta.

• O intervalo de quinta justa é um intervalo entre duas notas distantes entre si 7 semitons, ou 3 tons e meio. Por exemplo, a quinta justa de C é G, a de C# é G#, a de D é A, etc.

E) Um intervalo de uma oitava.

• Dizer que uma nota está uma oitava acima significa dizer que a nota é a mesma, porém ela está em uma região mais aguda do instrumento.

Imagine um piano. Nele, as teclas da esquerda são mais graves do que as teclas da direita. Se você for apertando as teclas brancas, partindo de dó, da esquerda para a direita, vai seguir a sequência: dó, ré, mi, fá, sol, lá, si, dó…continuando nesse ciclo até terminarem as teclas do piano. Como as notas vão ficando mais agudas, fica fácil de perceber que o próximo dó será mais agudo que o anterior. Sempre que se termina um ciclo e a nota volta a ser dó, completa-se uma oitava. Repare que “si” é o 7º grau de dó, fazendo com que Dó seja o oitavo grau. Por isso o nome “oitava”.

Usamos aqui o exemplo de Dó, mas isso é válido para qualquer nota, desde que se comece e termine na mesma nota. Se partíssemos de Ré, fecharíamos uma oitava quando chegássemos à Ré novamente.


6 - Conhecer os tons e semitons naturais. Com auxílio de uma partitura, ser capaz de reconhecer as notas de um verso ou coro de um hino da sua igreja.

• SEMITOM – É o menor intervalo existente entre dois sons que o ouvido humano ocidental pode perceber e classificar.
TOM – É o intervalo existente entre dois sons, formado por dois semitons.
ESCALA DIATÔNICA – é a sucessão de 8 sons por graus conjuntos guardando, entre si,
intervalos de tom ou de semitom EX: DÓ para RÉ = TOM , DÓ para DÓ# = SEMITOM


7 - Definir o que é uma orquestra e citar, pelo menos, 2 instrumentos de cada classe de instrumentos usados em uma orquestra (Cordas, madeiras, metais, percussão e teclas).

 Uma orquestra é um grupo musical típico da música clássica. Uma orquestra de pequena dimensão é chamada de orquestra de câmara. Já uma orquestra de grande dimensão é conhecida como orquestra sinfônica ou orquestra filarmônica. 

• Madeiras – flautas (2), oboés (2), clarinetes (2) e fagotes (2);
Metais – trompas (2 a 4), trompetes (2 a 4), trombones (3) e tuba (1); Percussão – tímpano;
Cordas – violino I, violino II, viola, violoncelo e contrabaixo
8 - Tocar ou cantar, com ou sem auxílio de partitura, um hino de sua igreja ou música sacra e apresentar satisfatoriamente para um grupo de pessoas.

Item prático.

9 - Fazer um resumo bibliográfico de um famoso compositor de hinos e apresente em forma de palestra para um grupo de pessoas.

• Pastor adventista, Jader Dornelles Santos, nasceu no dia 17 de julho de 1962, em São Paulo. Suas habilidades para a música surgiram bem cedo. Aos 11 anos iniciou seus estudos de piano, e aos 14 já participava do Concurso Internacional de Piano, na cidade de Goiânia.

Formado em teologia, e em música, com mestrado pelaAndrews University, em Michigan, nos EUA, o pianista, maestro, compositor e pastor Jader Santos tem se destacado por um estilo musical poético e diversificado. Suas qualidades musicais e liderança o levaram a ocupar um lugar de destaque no cenário musical cristão.

Sua passagem pela "Voz da Profecia" como diretor musical, e seu trabalho como pianista junto ao Quarteto "Arautos do Rei" consolidaram sua carreira. Com idéias novas e ousadas, outras vezes conservadoras, sua linguagem musical pode ser percebida no conteúdo profundo de suas letras, e num estilo de compôr que atinge o coração.

Na década de 1980, quebrou paradigmas com o musical: "Cristo, a Luz". Levou para os palcos, e deixou registrado em gravação uma obra inovadora sobre a vida e o ministério de Jesus.

O Hinário Adventista possui dois hinos compostos por Jader; são eles: "Eu Não me Esqueci de Ti" (nº 499), e "Além do Rio" (nº 570).


Fontes de pesquisa
www.ufrgs.br
immusicstation.blogspot.com.br
Desbravador Nota 10
hinostradicionais.blogspot.com.br
Essa foi a especialidade, espero muito ter ajudado, qualquer dúvida ou sugestão coloque aqui nos comentários, beijo e fiquem com Deus


Nenhum comentário:

Postar um comentário